BRITEIROS: Junho 2006 <$BlogRSDUrl$>








sexta-feira, junho 30, 2006

Freitas do Amaral demite-se

Uns fazem-lhe o elogio fúnebre, outros congratulam-se. Para PPD e CDS Freitas do Amaral era um elemento que puxava o governo demasiado para a esquerda...

Uma nação, um rumo, um timoneiro...

Força, força camarada Freitas...

:: enviado por RC :: 6/30/2006 07:25:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

Mais uma derrota para Bush

A mais alta instância judicial dos Estados Unidos concluiu ontem que a comissão militar criada pela Administração Bush para julgar os presos de Guantanamo não tem autoridade para o fazer, porque a sua estrutura e os seus métodos infringem as regras militares americanas e a Convenção de Genebra sobre o tratamento dos prisioneiros de guerra.
Com esta decisão, o Tribunal Supremo salva o que resta da honra das instituições judiciais e do estado de direito americanos. Ao mesmo tempo que limpa a face dos Estados Unidos, o Supremo abre também a porta à generalização da contestação jurídica à aberração que é Guantanamo, no que diz respeito às práticas de tratamentos cruéis e de tortura sobre os seres humanos aí detidos.
É certo que o Tribunal Supremo não foi chamado a pronunciar-se sobre a legalidade de Guantanamo, e não o fez, mas o simples facto de, no seu despacho, ter feito referência à Convenção de Genebra em relação a um dos presos, deixou bem claro que a Convenção se deve aplicar a todos os 450 presos do centro, desabonando a opinião da Casa Branca que argumenta que não se trata de prisioneiros de guerra, mas sim de “combatentes inimigos”.

:: enviado por JAM :: 6/30/2006 10:44:00 da manhã :: 0 comentário(s) início ::

quinta-feira, junho 29, 2006

"Agarrem-me, se não mato-o !”

Quando leio estas noticias, lembro-me sempre da cena tipicamente portuguesa do “ agarrem-me, se não mato-o!” - “então!? Ninguém me agarra!?”.
O presidente da câmara de Viseu fez o costumado número do macho latino revoltado com as injustiças. Apelou à utilização de pedras para “combater a burocracia” que, num País de brandos costumes, não se utilizam balas. Depois, como é costume, quando a coisa aquece vem dizer que não era bem isso que queria dizer e que foi tudo “descontextualizado”. Ou seja, um valentão quando a plateia é favorável, um cobarde na hora de assumir as consequências.

Conhecendo o meu País como conheço, não me custa nada acreditar que para colocar umas manilhas sejam precisas 36 autorizações de 25 entidades diferentes. É assim. São as leis que temos e, desconfio, há muito pouca gente interessada em alterá-las.
Que sejam as autarquias as primeiras a desrespeitar a lei – confessava, candidamente, na televisão o presidente da Junta de Freguesia em causa que, de facto, não tinha licença para a obra e nem sequer percebia para que precisava da dita – é sintomático do que o País pensa das suas leis: textos obscuros de que se sabe, vagamente, a existência e que só se aplica aos outros. O ambiente? O ambiente é para os discursos politicamente correctos e para os grandes princípios porque quando é para obedecer a leis ou fazer alguma coisa de concreto, é óbvio que isso é só para os outros.

:: enviado por U18 Team :: 6/29/2006 03:39:00 da tarde :: 3 comentário(s) início ::

terça-feira, junho 27, 2006

A "batalha" de Nuremberga

Alguém vai ter de me explicar outra vez as regras do futebol. Quando era novo e tentava jogar (mal) nessa instituição de Lisboa que dá pelo nome de FóFó (Futebol Benfica para os não iniciados), as regras eram claras: mão só era mão quando intencional e não tinha cartão, faltas violentas davam vermelho, faltas normais davam … falta.
Agora não. A FIFA decidiu que é tão grave dar um golpe de karate num adversário como tentar ganhar 5 segundos guardando a bola na mão, decidiu que qualquer bola que toque numa mão é falta e dá cartão. Critérios.
Num futebol em que tudo é profissionalizado (os jogadores já nem falam em “jogar” mas em “trabalhar”) e em que se movimentam milhões de euros, a única componente do jogo que se mantém amadora é a da arbitragem e é aquela sobre a qual se exerce maior pressão para não cometer erros. Mais, como a FIFA que ser uma marca “global” e como não pode organizar uma competição com todos os países do mundo, aproveita para nomear “democraticamente” árbitros de um pouco por todo o lado independentemente da qualidade que tenham.
Resultado: o que se passou no Portugal-Holanda. Um árbitro medíocre e confuso com as directivas da FIFA, conseguiu mostrar 20 cartões em 25 (vinte e cinco!) ao fazer uma arbitragem “administrativa”. Ou seja, fez o mesmo que faria um polícia que nos multasse a 51Km/h numa rua deserta limitada a 50. Está na lei mas manda o bom senso que não se faça. Conseguiu com isto estragar um jogo do campeonato do mundo, dar uma imagem de violência que as duas equipas não têm e não merecem e mandar para os quartos de final uma equipa portuguesa exangue e com menos possibilidades de discutir um resultado.
Claro que nada disto é grave. Grave, grave mesmo é fumar ao lado do banco de suplentes …

PS: A Inglaterra, pátria do fair-play, tentou que Figo fosse castigado e não os defrontasse.
Concordo. Afinal, deixemo-nos de hipocrisias: no mundo dos negócios não tem que haver piedade.

:: enviado por U18 Team :: 6/27/2006 03:44:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

domingo, junho 25, 2006

SUPRANUMERÁRIOS BOYS!!!

Director nomeado é supranumerário
Depois de José Soeiro ter sido nomeado director-geral do Desenvolvimento Regional do Ministério do Ambiente a 17 de Abril desde ano, estando nos quadros de supranumerários do Ministério da Agricultura, agora é a vez de Fernando Ribeiro Lopes cujo nome consta da lista de supranumerários do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, sob a alçada de Vieira da Silva, publicada em ‘Diário da República’ no dia 12 de Maio de 2006.
Como é fácil de perceber, a dança começou. Em época de Santos Populares, andamos um pouco distraídos. Mas lá virá o tempo em que será preciso dizer a uma só voz: "Alto e pára o baile"!!!

:: enviado por ja :: 6/25/2006 02:17:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

quinta-feira, junho 22, 2006

O 11 de Setembro explicado aos jovens

Mick Hume, chefe de redacção do spiked, descobriu um programa de educação cívica (do ensino secundário) do liceu do seu bairro em Londres e dedica-lhe a sua crónica no Times. O material em questão intitula-se 9/11: The Main Chance.
O objectivo é utilizar os ensinamentos do 9/11, de uma forma neutra, para promover a tolerância: “Os terroristas demonstraram que, apesar da sua grandeza e do seu poderio militar, a América pode ser vencida através de uma planificação cuidadosa e de uma convicção inabalável”. Os alunos ficam também a saber que existem limites para uma informação objectiva: “Não se sabe bem se foram os passageiros do voo 93 que tomaram o controlo do avião ou se ele foi abatido pelo exército”.
E depois, tem um questionário para aprender que as fronteiras entre os terroristas e os combatentes pela paz não são nada fáceis de estabelecer. Nesse sentido, pede-se aos alunos para dizerem “a qual dessas categorias pertencem Malcolm X, Nelson Mandela, Mahatma Gandhi, Gerry Adams, Martin Luther King”. Um outro questionário, no final da secção “Tolerância e 9/11”, pergunta: “Como reagirias se a tua mãe deixasse queimar a torrada ou se o teu irmão emprestasse a alguém o teu DVD preferido?”. A lição sobre resolução de conflitos sugere que o conflito israelo-palestiniano é como uma disputa familiar acerca de uma questão de partilhas.
Que o inferno está cheio de boas intenções, já se sabia, mas não sei se será esta a melhor forma de o ensinar!... Leia o artigo aqui.

:: enviado por JAM :: 6/22/2006 05:04:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

DÁ... PARA PERCEBER?

Xanana anuncia intenção de se demitir
O presidente timorense anunciou a intenção de se demitir do cargo, caso o primeiro-ministro não assuma as responsabilidades pela crise do país. Numa mensagem ao país, Xanana Gusmão diz ter vergonha do que o Estado está a fazer ao povo.
..............
Neste documento, o chefe de Estado timorense justifica a sua saída do cargo, pois tem «vergonha pelo que o Estado está a fazer ao povo e eu não tenho coragem de enfrentar o povo».

( TSF on line - 12:25 / 22 de Junho 06 )

Que Chefe de Estado é este que tem "vergonha pelo que o Estado está a fazer ao povo"?
Expliquem-me...antes que fique "loiro"!!!

:: enviado por ja :: 6/22/2006 01:29:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

quarta-feira, junho 21, 2006

Perguntar não ofende (26)

Porque é que, nas telenovelas portuguesas, ninguém fuma mas todos bebem álcool?


:: enviado por U18 Team :: 6/21/2006 10:25:00 da manhã :: 1 comentário(s) início ::

ACEITAM-SE APOSTAS!!!

Notícia inserta no Diário Digital de hoje:
Xanana exige demissão de Mari Alkatiri
O presidente timorense exigiu a demissão do primeiro-ministro, Mari Alkatiri, por considerar já não merecer a sua confiança, numa carta enviada ao chefe do governo. Na missiva, Xanana Gusmão refere-se a um programa da série «Four Corners» transmitido pela ABC, explicando a Mari Alkatiri que no documentário são feitas «graves denúncias sobre o seu envolvimento na distribuição de armas a civis». «Só me resta dar-lhe oportunidade para decidir: ou resigna ou, depois de ouvido o Conselho de Estado, o demitirei», escreve Xanana Gusmão.
Perante esta notícia, há muito esperada, aceitam-se apostas:
1º -Quem será o novo primeiro ministro?
2º -Que acontecerá à Fretilin?
3º -Quem será o "pina moira" do petróleo de Timor?
Por mim... "está na cara":
- O Sr. Horta
- Será ilegalizada
- Obviamente... o sr. primeiro ministro indigitado.
A ver vamos, como dizem os cegos!!!
Lá... como cá!!!

:: enviado por ja :: 6/21/2006 10:12:00 da manhã :: 0 comentário(s) início ::

terça-feira, junho 20, 2006

EM QUE FICAMOS?

"Medicamentos sem receita estão mais caros
Os medicamentos que estão a ser vendidos sem receita médica estão mais caros. A conclusão surge num relatório do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, que lembra que o que está a acontecer contraria o que foi anunciado pelo Governo".

"Ministro não aceita conclusões de observatório
O ministro da Saúde não aceita as conclusões que constam no relatório do Observatório Português dos Sistemas de Saúde. Correia de Campos diz que tem dados que apontam para a baixa de preços nos Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica, ao contrário do que o observatório diz".

:: enviado por ja :: 6/20/2006 01:48:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

A frase

""Às vezes tenho a sensação de que, ao explicar mal as medidas que toma, o Governo se apresenta como uma comissão liquidatária, em vez de ser um instrumento de desenvolvimento económico e social"

:: enviado por RC :: 6/20/2006 10:48:00 da manhã :: 1 comentário(s) início ::

sábado, junho 17, 2006

Perguntar não ofende (25)

Portugal 2 - Irão 0

Prof. Freitas do Amaral, acha que devemos pedir desculpa?

:: enviado por U18 Team :: 6/17/2006 06:01:00 da tarde :: 2 comentário(s) início ::

quinta-feira, junho 15, 2006

A Informação e a Propaganda

O Semanário Económico fez título grande com :
Salário de Sócrates é metade do primeiro-ministro grego.

Mas como a notícia deve ser também informação, aqui vão os quadros que o Hay Group publicou em "A European Pay Comparison for Senior Politicians and Civil Servants":


:: enviado por RC :: 6/15/2006 10:16:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

Assim vai Portugal


:: enviado por RC :: 6/15/2006 09:32:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

A solução

«Deixemos a ministra da Educação actuar com a experiência e as competências que tem para ver se aumenta a qualidade no nosso sistema educativo»

"a única coisa a fazer com os funcionários públicos é esperar que morram"

O Nacional Socialismo tinha métodos mais eficazes...

:: enviado por RC :: 6/15/2006 02:45:00 da tarde :: 2 comentário(s) início ::

A demagogia

“quer as escolas quer os professores não se encontram ao serviço dos resultados e das aprendizagens”

"capturada por interesses partidários"

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, que desvalorizou os protestos de hoje, acusou a Fenprof de ter convocado uma greve prejudicial para os alunos que entrarão agora em exames e de estar "capturada por interesses partidários".

“Há sindicatos capturados por partidos e que têm uma agenda que não é a educação”, afirmou, esclarecendo que estava a referir-se àquela federação de educação. Também o ministro dos Assuntos Parlamentares considerou a manifestação “prematura” e estranhou o facto dela ter sido marcada entre dois feriados.

:: enviado por RC :: 6/15/2006 02:39:00 da tarde :: 2 comentário(s) início ::

A bandidagem


:: enviado por RC :: 6/15/2006 02:35:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

Ponto prévio


:: enviado por RC :: 6/15/2006 02:34:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

Airbus ou o capitalismo “Made in EU”

Anteontem a Airbus anunciava atrasos significativos na entrega dos novos A380. Entre pedidos de indemnização, anulação ou revisão de contratos por parte das companhias aéreas, as acções da EADS (o grupo que controla a Airbus) caíram ontem 26%.
Até aqui nada de novo. Apenas mais um episódio no funcionamento da economia liberal “made in EU” em que as asneiras e a arrogância de uns poucos são pagas por milhares de pessoas.
A partir daqui a história torna-se mais edificante. É que, soube-se agora, alguns dirigentes da EADS venderam as acções que possuíam na empresa 3 meses antes do anúncio dos atrasos. O Sr. Forgeard, patrão da EADS, encaixou 2,5 milhões de euros.
Claro que é uma coincidência. Claro que não faziam a mínima ideia que havia atrasos na produção do A380. Claro que venderam as acções porque precisavam de dinheiro para as férias.
Nos EUA, há gente que arrisca 25 anos de prisão por gracinhas deste estilo.
Na Europa, não se arrisca nada.

:: enviado por U18 Team :: 6/15/2006 10:47:00 da manhã :: 0 comentário(s) início ::

quarta-feira, junho 14, 2006

O GUERRILHEIRO HERÓICO

Há 78 anos, em 14 de Junho de 1928, nascia em Rosário - Argentina aquele que, mais tarde, ficaria para sempre conhecido como o Guerrilheiro Heróico.

"Nasci na Argentina; não é um segredo para ninguém. Sou cubano e também sou argentino e, se não se ofendem as ilustríssimas senhorias da América Latina, me sinto tão patriota da América Latina, de qualquer país da América Latina, que no momento em que fosse necessário, estaria disposto a entregar a minha vida pela liberação de qualquer um dos países da América Latina, sem pedir nada para ninguém, sem exigir nada, sem explorar ninguém."






Parabéns COMANDANTE!!!

:: enviado por ja :: 6/14/2006 07:31:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

terça-feira, junho 13, 2006

Quando a violência vai à escola...

Veja aqui o documentário Quando a Violência Vai À Escola.

:: enviado por RC :: 6/13/2006 07:13:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

Se não gostam, que não mostrem

Era inevitável que se chegasse a isto: a FIFA e o Comité Organizador não querem que os treinadores fumem no banco durante os jogos. O treinador da equipa mexicana foi o primeiro a levar o puxão de orelhas.
Sendo o futebol jogado em espaços relativamente grandes e ao ar livre, a desculpa habitual de ser nocivo para os não fumadores seria um pouco complicada de explicar. Por isso, desta vez, o motivo não é esse grande desígnio da Saúde perfeita quer se queira que não. Desta vez é por “uma questão de “imagem do futebol”.
Quer dizer, para a FIFA o que destrói a imagem do futebol não é a corrupção, os resultados combinados, as transferências que passam ao lado do fisco, as manifestações racistas nos estádios ou a violência dentro e fora do campo.
Para a FIFA o que é mau para a imagem do futebol é que alguém fume ao lado do banco de suplementes. Estou esclarecido.
Apesar de o México estar no grupo de Portugal, espero que cheguem à final. E que o senhor La Volpe queime 2 maços de cigarros em cada jogo enquanto sofre com a sua equipa. É humano e só prejudica o próprio. Se a FIFA não gostar, que censure as imagens.


:: enviado por U18 Team :: 6/13/2006 07:12:00 da tarde :: 3 comentário(s) início ::

ÁLVARO CUNHAL

"Prestar homenagens aos mortos. Valorizar o seu papel. Aprender com os seus ensinamentos e o seu exemplo. Mas não incensar e não endeusar."- Álvaro Cunhal.

Há um ano desaparecia, do convívio dos vivos, aquele que foi o político português mais importante dos séc. XX.
Miguel Urbano Rodrigues escreveu em Novembro de 2004:
"São os povos, colectivamente, como sujeito da história, que transformam a vida, mas é inegável que alguns homens e mulheres contribuem por vezes decisivamente para lhe inflectir o rumo. Álvaro Cunhal ficará pelo tempo adiante como um desses seres excepcionais. Poucos portugueses marcaram tão profundamente a história do nosso pais no século XX. Talvez nenhum tenha sido tão caluniado e injuriado pelas forças da reacção e por todo um feixe de adversários de múltiplos quadrantes ideológicos".
Empunhar a mesma bandeira e seguir o seu exemplo de coerência, na luta por um Mundo mais justo e mais fraterno, eis o melhor modo de homenagear o Homem que continua vivo na memória dos oprimidos e explorados deste País.

:: enviado por ja :: 6/13/2006 08:48:00 da manhã :: 0 comentário(s) início ::

segunda-feira, junho 12, 2006

MALDITO STRESS!!!


"Os trabalhos de casa (TPC) são uma das principais fontes de stress para os alunos do ensino básico. Segundo um estudo que envolveu 300 crianças, de diferentes zonas do País e dos sistemas público e privado, a dificuldade em realizar as tarefas definidas pelos professores causa grande preocupação em 80% dos alunos. Por isso, a intenção da ministra da Educação, manifestada na semana passada, de pôr fim aos TPC, transformando-os em trabalho individual a realizar na escola com a ajuda de professores, recolhe o apoio de vários especialistas em educação ouvidos pelo DN."
.........................................................................................................
Inocentemente, dando de barato que este estudo existe e é sério ( nada me leva a crer que o não seja!!! ) e a solução(?) encontrada é a melhor, pergunto:acabou-se o maldito stress dos alunos? Ou não será que com a pobre política de educação que temos ( só ultrapassada pela ausência de política de educação!!!) não virá aí o stress do stress?
A ver vamos...como dizem os cegos!!!

:: enviado por ja :: 6/12/2006 12:51:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

domingo, junho 11, 2006

O baixo Estatuto

Vem aí um novo Estatuto da Carreira Docente não universitária.

Veja as consequências aqui.

Pode descarregar uma apresentação Powerpoint aqui.

:: enviado por RC :: 6/11/2006 02:53:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

sexta-feira, junho 09, 2006

Força Portugal!!!

Alguém disse um dia que se o futebol conseguiu alcançar tamanho lugar de destaque como o mais popular de todos os desportos, o único que faz vibrar com a mesma intensidade ricos e pobres de todas as culturas, religiões, idades e etnias, é porque ele representa uma enorme metáfora do que é a nossa vida quotidiana. Tal como na vida, nem sempre os vencedores são aqueles que mais merecem. Tal como na vida, a sorte e o azar são frequentemente os grandes responsáveis pelos sucessos e pelos fracassos. Tal como a vida, o futebol é imprevisível.
A poucos minutos do início do maior espectáculo desportivo do planeta, aqui ficam alguns exemplos que demonstram que tudo pode acontecer e que, apesar de tudo, Portugal pode ser... campeão do Mundo! Por isso,... Força Portugal!!!



:: enviado por JAM :: 6/09/2006 03:09:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

AVIÃO, AVIÃO QUEM ÉS TU?



Na Europa 15 vezes em 2005
CIA (agência central de inteligência dos Estados Unidos) usou aeroportos europeus ao menos 15 vezes este ano para realizar vôos secretos com aviões civis, segundo informações do jornal alemão "Berliner Zeitung" publicadas neste sábado. A reportagem do "Berliner Zeitung", informa que a cidade de Palma de Mallorca, na Espanha, recebeu dois vôos este ano, um em 17 de janeiro passado, e outro no dia 19 do mesmo mês, este como escala de um vôo para a Líbia. Já o aeroporto de Praga foi usado em 6 de maio último como escala para dois aviões da CIA, que viajavam de Candahar (Afeganistão) para Baltimore (Estados Unidos). Em 4 e 5 de maio passados, outros aviões fizeram escalas em Atenas (Grécia), Bruxelas (Bélgica) e Dublin (Irlanda) e, em 15 de maio, em Cascais (Portugal). Os últimos vôos a que o jornal teve acesso ocorreram em setembro passado, na cidade de Porto (Portugal) e em Leuchars (Reino Unido).
http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u89901.shtml

CONSELHO EUROPA
Portugal implicado em voos secretos da CIA
Portugal está entre um conjunto de países europeus que terão colaborado ou tolerado o transporte ilegal de prisioneiros acusados de terrorismo. De acordo com um relatório do Conselho da Europa, o aeroporto de Santa Maria foi usado reabastecer um avião que fez este transporte.
http://www.tsf.pt/online/internacional/interior.asp?id_artigo=TSF171412

Freitas do Amaral recusa comentar voos secretos
O ministro dos Negócios Estrangeiros recusa fazer qualquer comentário sobre um relatório que dá conta de que voos secretos da CIA relacionados com o transporte ilegal de prisioneiros fizeram escala em Portugal.
http://www.tsf.pt/online/portugal/interior.asp?id_artigo=TSF171471
.....................................................................................
Como Jorge (Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett, fim do 2º acto) perguntamos -" Avião, avião quem és tu?. Fatalmente o nosso romeiro responde: "Ninguém!!!".

Para nosso mal...restos do Alcácer Quibir... que nos persegue!!!


:: enviado por ja :: 6/09/2006 07:51:00 da manhã :: 0 comentário(s) início ::

quarta-feira, junho 07, 2006

O prémio Tuvalu para Durão Barroso

O prémio Tuvalu da desregulação climática é entregue anualmente à personalidade política ou económica que mais deu mostras da sua incapacidade para agir em prol da luta contra a desregulação climática. O prémio faz referência à ilha homónima situada no oceano Pacífico e que corre o risco de ser completamente submersa.
Pois bem, o nosso excelso presidente da Comissão Europeia conduz pelas ruas de Bruxelas um todo-o-terreno VW, um carro que consome 13,2 l aos 100 km e emite 265 g de CO2, o principal gás de efeito de estufa, o que equivale a quase o dobro do limite de 140g/km fixado em 1998 pela... Comissão Europeia.
A história foi revelada em 26 de Maio pelas associações ecologistas que se deslocaram ao edifício Berlaymont para entregar a Durão Barroso o simbólico prémio.

:: enviado por JAM :: 6/07/2006 10:29:00 da manhã :: 1 comentário(s) início ::

terça-feira, junho 06, 2006

COINCIDÊNCIAS...OU TALVEZ NÃO!!!

No Apocalipse - capítulo 13/versículo 18 do livro do Novo Testamento, do Apóstolo S. João - está escrito: «é o momento de ter discernimento: aquele que tem a inteligência, que interprete o número do animal, porque é um número do homem: o seu número é o 666».
Com discernimento, interpreto:
Cavaco...... 6 letras
Mendes......6 »»»
Portas........6 »»»
..................................................................................
Coincidências...ou talvez não!!!

:: enviado por ja :: 6/06/2006 10:14:00 da manhã :: 1 comentário(s) início ::

segunda-feira, junho 05, 2006

HADITHA versus MY LAI

A 16 de Março de 1968, tropas americanas comandadas pelo tenente Willians Calley, massacram 504 inocentes, na aldeia vietnamita de My Lai.
Por estes dias, 24 iraquianos são barbaramente assassinados em Haditha por tropas, igualmente americanas.
Hoje como ontem, o governo português...assobia para o ar!!!
Hoje como ontem, a mesma subserviência!!!

:: enviado por ja :: 6/05/2006 09:33:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

Mudam-se os tempos


:: enviado por RC :: 6/05/2006 05:07:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

quinta-feira, junho 01, 2006

AO QUE ISTO CHEGOU!!!


Nossa Senhora viaja com a Selecção

Uma Imagem de Nossa Senhora da Conceição em talha, do século XVIII, vai acompanhar a selecção nacional durante o Mundial da Alemanha. Ontem, antes do ... in Correio da Manhã.
.....................................................................
Que raio de País é este, aqui à beira-mar plantado? Por favor tirem-me deste filme, já!!!

:: enviado por ja :: 6/01/2006 11:39:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::

GUERRILHEIRO HERÓICO (5)


" É inconcebível que se inicie a construção do socialismo com um partido da classe burguesa, com um partido que tenha entre os seus membros um bom número de exploradores e que estes tenham a tarefa de lhe fixar a linha política".

:: enviado por ja :: 6/01/2006 09:54:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

É o peso...

"«Os livros pesam mais do que o necessário. Em conjunto com as editoras queremos definir parâmetros relativos às características físicas dos manuais para diminuir o seu peso», afirmou Jorge Pedreira, apontando o início das reuniões «para muito breve», logo após a aprovação no Parlamento do novo regime jurídico dos manuais escolares."

-Senhor João, dê-me aí 250 g de manual de Matemática.
-Só?

----

Como é óbvio, perante o real problema a solução só pode ser papel mais fininho e menos páginas.

É mais um "cientista" e "prontes.

:: enviado por RC :: 6/01/2006 07:28:00 da tarde :: 0 comentário(s) início ::

Questão de educação

Num país de incultura, tudo é uma questão de educação. Se os condutores são desrespeitadores, é uma questão de educação. Se há droga, é uma questão de educação. Se os maridos agridem as mulheres, é uma questão de educação. Se há corrupção, é uma questão de educação. Se a cunha impera, é uma questão de educação. Se o deputado interrompe, é uma questão de educação. Se o primeiro diz "esteja caladinho", é uma questão de educação. Se o Presidente tem três reformas, é uma questão de educação. Se a Galp perde os concursos, é uma questão de educação.

Como bom povo iletrado, sabemos que a educação é na escola, perdido que foi o sentido da instrução e do "quem dá o pão dá a criação". Havendo pouco pão e muita má criação, deduz-se que é preciso que haja mais (pão, não a má criação). Depois da paixão vem o divórcio. Antes os professores eram a solução, hoje são o problema. Se o povo é inculto, deduz-se que é preciso que os professores sejam avaliados. Por quem? Por esse mesmo povo. Não é verdade que vox populi, vox dei?

Parece que os professores vão ter que ler alto as suas lições, ou uns livros, todos os dias para os alunos. Está-se mesmo a ver quem é que não sabe ler e precisa de praticar mais... Nem os livros nem a história.

Parece também que vai haver uma revisão do estatuto da Carreira Docente. Para quê dar estatuto a algo que já não o tem.

Era mais simples...

:: enviado por RC :: 6/01/2006 07:06:00 da tarde :: 1 comentário(s) início ::