BRITEIROS: Se não é uma guerra, parece <$BlogRSDUrl$>








domingo, julho 01, 2007

Se não é uma guerra, parece

Coincidente com o início de período de férias, a Grã-Bretanha está em estado de sítio com as tentativas de ataques terroristas (mais ou menos falhados) dos últimos dias.
Sei que há quem se escandalize por lhe chamar uma guerra mas se não o é, parece-se bastante.
Já não há qualquer “aviso prévio”, reivindicação ou justificação. Os ataques são programados com o único objectivo de matar o maior número possível de pessoas com um mínimo de meios.
Esta gente não quer um Mundo melhor, com menos injustiças sociais, condições de vida decentes e mais igualdade.
Esta gente quer que vivamos em estado de terror permanente para que aceitemos o que quer que seja que nos queiram impor.
Podemos tentar compreende-los da mesma maneira que se pode tentar compreender uma mente criminosa. Não se lhes pode é fazer qualquer concessão.
Seria tão perigoso quanto inútil.

Etiquetas:


:: enviado por U18 Team :: 7/01/2007 04:02:00 da tarde :: início ::
1 comentário(s):
  • Esta gente não quer um Mundo melhor, com menos injustiças sociais, condições de vida decentes e mais igualdade.
    Esta gente, quem? Os terroristas ou aqueles que governam o mundo e assinam tratados de Tordesilhas ao pequeno-almoço e vendem arsenais ao jantar?

    Esta gente quer que vivamos em estado de terror permanente para que aceitemos o que quer que seja que nos queiram impor.
    Esta gente, quem? Os que praticam o abuso quotidiano do poder imperialista para explorar barbaramente os outros povos, ou as plebes do Mundo que perderam todo o conceito do valor da espécie humana?

    De Anonymous jorge, em julho 02, 2007 9:23 da manhã  
Enviar um comentário