BRITEIROS: Briteiros - Noticias Fracturantes <$BlogRSDUrl$>








quarta-feira, setembro 12, 2007

Briteiros - Noticias Fracturantes

All Blacks dão jogo como perdido

Depois da formidável prestação do Rugby português contra a Escócia, o treinador da equipa da Nova Zelândia decidiu fazer alinhar 11 jogadores substitutos no jogo do próximo sábado contra Portugal. Na sua versão oficial, as razões desta espectacular alteração na equipa dos All Blacks prendem-se com a necessidade de colocar em campo jogadores menos utilizados e assim proporcionar-lhes tempo e ritmo de jogo. No entanto, em exclusivo mundial, o Briteiros está em condições de divulgar o verdadeiro motivo destas surpreendentes alterações.
Um emigrante português que trabalha na cozinha do hotel onde estão alojados os All Blacks e que é casado com a prima de uma vizinha amiga de uma pessoa conhecida do Briteiros, ouviu o treinador neozelandês desabafar para o seu treinador adjunto (a responsabilidade da tradução é do dito emigrante): “Viste como eles jogaram contra a Escócia!? Tamos f… já perdemos isto. O melhor é meter os gajos que nunca jogam e poupar os outros. Mais ponto menos ponto, tanto faz”.
Assim, no próximo sábado, a Nova Zelândia alinhará contra Portugal uma equipa constituída por alguns jogadores a recuperar de lesões recentes, outros sem grande ritmo de jogo e apenas 4 habituais titulares.
Algumas vozes da Federação Internacional e da Organização manifestaram preocupação pela integridade física dos jogadores. Graham Henry, treinador da Nova Zelândia, declarou, em conferência de imprensa, ter receio de lesões e esperar contar com a equipa na sua máxima força para o jogo seguinte contra os escoceses. Acrescentou ainda que é em jogos como este que as equipas menos competitivas podem progredir e estar muito contente por ter esta oportunidade de jogar contra Portugal. A seguir, tentou minimizar a questão das lesões declarando “Os jogadores são profissionais e estão habituados a estes confrontos. Não creio que haja problemas.”
Contudo, o Briteiros está em condições de informar que as preocupações do treinador neozelandês são bastante mais sérias do que quis deixar transparecer. Pessoa amiga ouviu-o dizer: “um país onde se pegam touros pelos cornos não devia ser autorizado a entrar no Mundial. Se conseguem parar uma besta de 500Kg, imaginem o que farão a jogadores que pesam, no máximo, 130!? É muito perigoso!”.

Etiquetas:


:: enviado por U18 Team :: 9/12/2007 01:54:00 da tarde :: início ::
3 comentário(s):
  • Atenção que o Vital Moreira está a contar o número de portugueses que escrevem rugby em vez de râguebi (e acessoriamente quantos dizem reiguebi em vez de ragbi), que é para incluir num relatório a apresentar ao José Sócrates sobre as verdadeiras necessidades da aprendizagem do inglês técnico logo na primeira classe.

    Mais informações aqui

    De Anonymous jorge, em setembro 12, 2007 4:14 da tarde  
  • lol

    GP

    De Anonymous Anónimo, em setembro 13, 2007 12:36 da manhã  
  • Só posso desejar boa sorte ao Vital Moreira no seu combate pela pureza da língua.
    Pode, aliás, começar pela Federação que se chama oficialmente “Federação Portuguesa de Rugby” e não de Râguebi.
    No século passado, quando praticava (mal) a modalidade, sempre vi escrito Rugby e sempre ouvi dizer “reiguebi”. Porquê não sei. Suponho que as línguas vivas têm destas coisas.
    Como “old habits die hard” e não tenho nenhuma licenciatura em inglês técnico, vou continuar a escrever Rugby e a dizer reiguebi. Se isso irrita o VM (aqui entre nós que ninguém nos ouve) tanto melhor.

    De Blogger JR, em setembro 13, 2007 10:41 da manhã  
Enviar um comentário