BRITEIROS: O Michael Moore italiano <$BlogRSDUrl$>








quarta-feira, setembro 12, 2007

O Michael Moore italiano

Beppe Grillo está a tornar-se um fenómeno impressionante. Actor cómico notabilizado no teatro, no cinema e na televisão, tem vindo, com o passar do tempo, a endurecer o seu discurso, cada vez mais satírico e contestatário. No passado, dirigiu várias lutas em prol da defesa do ambiente e contra os grandes monopólios. Hoje é considerado um verdadeiro militante que se indigna com a maneira como o Estado gere os seus negócios em toda uma série de domínios na Itália.
Beppe Grillo é também o animador de um blogue que é o mais visitado de Itália e um dos 20 mais visitados em todo o mundo, segundo o Technorati. A sua iniciativa de organizar uma jornada de protesto no Sábado passado foi um sucesso. Em dezenas de cidades, o V-Day ou Vaffanculo Day — uma expressão que diz tudo e que não precisa de tradução — reclamou a “limpeza” do Parlamento. Para tal foram recolhidas 300.000 assinaturas.
No seu blogue ele explica que há actualmente no parlamento 25 deputados condenados pela justiça. Os jornais italianos dizem que a direita critica abertamente Beppe Grillo, mas à esquerda, o entusiasmo que ele suscita é mais embaraçante, tanto mais que dois ministros da esquerda, um magistrado anti-corrupção e o chefe dos Verdes, o apoiam.

Etiquetas:


:: enviado por JAM :: 9/12/2007 10:08:00 da manhã :: início ::
1 comentário(s):
  • Quem me dera ser um Beppe Grillo português ou então que houvesse um homem assim em Portugal: mobilizariamos as gentes e todos os dias seriam dias concorridíssimos do Ide-Apanhar-no-Cu.

    De Blogger Joshua, em setembro 12, 2007 11:34 da manhã  
Enviar um comentário